segunda-feira, 30 de abril de 2018

Leituras de abril - 2018

Olá gente, tudo bem?

Último dia de abril e vim falar sobre os cinco livros (podem acreditar!) que li durante o mês de abril. Escolhi um de terror, três de romance policial/suspense, e um de romance, sendo três deles lançamentos recentes. ^^

Só posso dizer que tive boas surpresas e que gostei bastante da maioria. 


1. Quando o Mal tem um Nome - Glau Kemp



O primeiro livro escolhido foi Quando o Mal tem um Nome, da escritora brasileira Glau Kemp. Nunca havia lido nada dela, mas esse ano resolvi incluir mais livros nacionais nas minhas leituras. Como este e-book estava sendo bem avaliado na loja Kindle, acabei o comprando. O preço foi muito em conta: R$1,99.

A história se desenrola na década de 70 e gira em torno de Marta, que está grávida de seu terceiro filho, e, ao descobrir que será mais um menino, resolve se envolver em um ritual, envolvendo sacrifícios de animais e crianças e invocação de demônios, para que dê à luz a uma menina desta vez. Porém, após ter o seu desejo atendido, ela percebe que a menina, Clara, possui uma aura ruim e atrai tragédias, e tenta colocar um fim nisto. Surge então uma reviravolta no enredo, e a protagonista passa a ser Clara, que leva uma vida sofrida, sendo perseguida por um demônio. 

O livro é pequeno, e consegui lê-lo rapidamente, embora tenha percebido desde o início que não é muito o meu tipo de livro. Muitas vezes me senti desconfortável de continuar lendo - alguns trechos são muito pesados. No entanto, achei que a narrativa vai melhorando a partir da metade do livro.

Número de páginas: 174

Nota: 3/5 (não é ruim, mas não é o gênero de livro que me agrada)



2. Bem Atrás de Você - Lisa Gardner


O segundo livro escolhido foi Bem Atrás de Você, da autora Lisa Gardner. Ele foi lançado este ano e estava super ansiosa para lê-lo. Já havia lido 3 livros da autora - Sangue na Neve, Esconda-se e Viva para contar -, e posso dizer que é um tipo de escrita que me agrada, pois envolve muita ação e sempre me surpreende. Logo, não resisti e comprei este lançamento em e-book para Kindle, por R$17,90. 

A história já começa com uma narrativa muito chocante, e só posso dizer que é impossível parar de ler este livro. Telly, irmão mais velho de Sharlah, matou seu pai com um taco de beisebol quando tinha apenas 9 anos para defender a si mesmo e à irmã mais nova. Desde então, sem família para criá-los, foram separados e vivem mudando de lares adotivos, sem nunca terem se reencontrado após o incidente. Porém, após alguns anos, Telly é acusado de matar sua nova família adotiva, fugir e deixar outros mortos pelo caminho. Ao ficar sabendo de tais acontecimentos, Sharlah, que agora vive com Quincy e Rainie, investigadores do caso, vai atrás de seu irmão. 

O livro é muito bom, e apesar de algumas partes serem muita enrolação, o enredo me prendeu e consegui lê-lo rapidamente. O final surpreende em certa parte, mas ao mesmo tempo, é esperado, e embora tenha deixado algumas pontas soltas, o considerei aceitável.

Número de páginas: 352

Nota: 4/5 (só não dei nota máxima porque achei algumas partes um pouco demoradas)



3. O Inverno dos Escritores Mortos - Miller Britto


O terceiro livro escolhido foi O Inverno dos Escritores Mortos, do autor Miller Brito (sim, mais um livro nacional!). Estava passeando pela Leitura e o autor do livro estava lá e me mostrou o mesmo, me contando uma breve sinopse. Curiosa que sou e amante de romances policiais, é claro que comprei! kkk. O mesmo custou R$39,90.

A história gira em torno de um assassino que mata alguns escritores brasileiros da mesma maneira que eles mataram os personagens em seus livros policiais. Os detetives Fred e Elis vão em busca de provas que os levem até o assassino, mas o mesmo é meticuloso e nunca deixa pistas. Paralelamente, o enredo fala sobre um grupo de 5 amigos apaixonados por livros (Luis, Pedro, Bernardo, Bárbara e Fernanda) e, por vários motivos, todos acabam se tornando suspeitos.

Desde que comecei a lê-lo, não consegui mais parar e consegui terminá-lo rapidamente. O final me surpreendeu não quanto a quem era o assassino, mas quanto ao motivo (realmente não consegui prever). Gostei bastante do livro e recomendo! Com certeza vou querer ler o próximo livro do autor "A Primavera dos Sorrisos Macabros".

Número de páginas: 287

Nota: 4/5 (o livro foi uma boa surpresa, embora eu tenha achado que ficaram algumas coisas sem explicação)



4. Ainda Sou Eu - Jojo Moyes


O quarto livro escolhido não poderia deixar de ser Ainda Sou Eu, da autora Jojo Moyes. Afinal, quem não se apaixona pela história de Louisa Clark!? Logo que ele foi lançado comprei a versão em e-book para Kindle, por R$21,90.

A história já começa com muito humor, visto que Lou é muito engraçada. Ela agora está em Nova York, trabalhando de assistente de Agnes, segunda esposa do Sr. Gopnik, e que, por ser bem mais jovem que o marido, é constantemente maltratada pela filha dele e pelas pessoas do seu convívio social.

Longe do namorado, Sam, ela tenta contornar a situação, com encontros periódicos, mas que, infelizmente, nem sempre saem como o planejado. Durante sua estadia em NY, se mete em muita confusão e faz muitas amizades, dentre elas, Josh, que se parece muito fisicamente com Will - causando certo ciúmes em Sam.

Com novos personagens (a Sra. De Witt com seu cachorro são os meus preferidos, kkk) e trazendo personagens antigos como Nathan e Lily, o livro é muito divertido e ao mesmo tempo comovente - é claro que chorei em várias partes. 

O final não me surpreendeu muito, mas eu gostei bastante e com certeza recomendo o livro!

Número de páginas: 400

Nota: 4/5 (só não dei 5 porque gostaria de saber o desenrolar de alguns acontecimentos paralelos do enredo)



5. O Livro dos Espelhos - E. O. Chirovici


O quinto livro escolhido foi O Livro dos Espelhos, do autor E. O. Chirovici. Nunca havia lido nada do autor, mas como este foi muito bem conceituado, resolvi comprá-lo no Kindle, em promoção, por R$9,90.

O enredo inicia quando o agente literário Peter Katz recebe a amostra de um manuscrito escrito por Richard Flynn, contando uma parte de sua história quando estudava em Princeton, entrelaçando-a à vida de um renomado professor de psicologia, Joseph Wieder, que acabou sendo assassinado na mesma época. Ele afirma lembrar de vários fatos que não se deu conta na época e que sabe a identidade do assassino. O relato é intrigante, mas a amostra acaba no clímax, e quando Peter vai atrás de Richard, com interesse em ler o restante do manuscrito, descobre que ele estava doente e que veio a falecer. Logo, ele contrata um repórter investigativo para pesquisar sobre a história e entrevistar possíveis testemunhas e até mesmo o detetive que era o encarregado do caso na época do assassinato.

Só posso dizer que o livro é muito instigante, bem escrito e, na ânsia de querer saber o que realmente ocorreu, eu não conseguia parar de ler. Há vários suspeitos e cada testemunha faz um relato diferente - é impossível saber quem fala a verdade (até me lembrou os livros da Agatha Christie). O final me surpreendeu bastante, mas ainda fiquei com muitas dúvidas sobre certos acontecimentos.

Número de páginas: 322

Nota: 4/5 (o livro é muito bom, mas acho que vou morrer tentando entender o que realmente aconteceu, e descobrir quem, afinal, estava falando a verdade! kkkkkk..)

Nenhum comentário:

Postar um comentário